EVENTOS

IV CICLO DE PALESTRAS SOBRE ACERVOS RAROS E ESPECIAIS - Em Busca da cor: construção cromática e linguagem gráfica de rótulos cromolitográficos do Arquivo Nacional e da Biblioteca Nacional

Curso O Latim em obras raras: uma introdução

Ciclo de Palestras sobre Acervos Raros e Especiais Cartografia

XII Encontro Nacional de Acervo Raro - ENAR
Temática: Acervos raros no Brasil: coleções formadoras e políticas de desenvolvimento de coleções

XII Encontro Nacional de Acervo Raro – ENAR
24 novembro 2016
XII Encontro Nacional de Acervo Raro – ENAR
25 novembro 2016

XI Encontro Nacional de Acervo Raro – ENAR
Temática: “Gestão de Acervos Raros e Especiais : Realidade e Desafios”

XI Encontro Nacional de Acervo Raro – ENAR
30 outubro 2014
XI Encontro Nacional de Acervo Raro – ENAR
31 outubro 2014

X Encontro Nacional de Acervo Raro – ENAR
Temática: “Critérios de Raridade de Acervos Raros e Especiais”

A questão da raridade bibliográfica é um assunto que normalmente suscita dúvidas aos curadores de acervo, principalmente no momento em que se deseja estabelecer o que seria classificado como antigo, raro, único e precioso. Para ser considerado raro, o livro deve se enquadrar em alguns critérios, que assim o qualifique, diferenciando-o dos demais. A fim de subsidiar relatos de experiências no âmbito da elaboração de critérios de raridade, o Plano Nacional de Recuperação de Obras Raras - PLANOR, realizou nos dias 8 e 9 de novembro de 2012, na Fundação Biblioteca Nacional, Auditório Machado de Assis, o X Encontro Nacional de Acervo Raro - ENAR, com a temática “Critérios de Raridade de Acervos Raros e Especiais”. O ENAR tem como público-alvo, bibliotecários, curadores de acervos raros e estudantes de biblioteconomia.

O PLANOR pretende realizar uma nova edição da Jornada a fim de atender as inúmeras solicitações de servidores, estudantes e profissionais que não conseguiram confirmar sua participação.

X Encontro Nacional de Acervo Raro – ENAR
07 novembro 2012
X Encontro Nacional de Acervo Raro – ENAR
08 novembro 2012

IX Encontro Nacional de Acervo Raro

09/11/2010 - IX Encontro Nacional de Acervo Raro

FOTOS

10/11/2010 - IX Encontro Nacional de Acervo Raro

FOTOS

O VIII ENAR – Encontro Nacional de Acervo Raro. Temática: "Inventário de Acervo Raro: sua importância para salvaguarda patrimonial".

Há algum tempo, a noção de inventário bibliográfico deixou de ter apenas a conotação de “Leitura da Estante”, onde se buscava o levantamento e a avaliação do material existente no acervo, confrontando-os com os registros cadastrados nos sistemas de gestão das bibliotecas, - este conceito foi ampliado em ações que vão muito além desta simples leitura. Com o objetivo de provocar reflexões, estudos e registros a respeito das experiências adquiridas e das técnicas empregadas em inventários bibliográficos realizados em acervos de memória, o PLANOR propôs como temática para o VIII ENAR: "Inventário de Acervo Raro: sua importância para salvaguarda patrimonial".

O VIII ENAR foi realizado nos dias 27 e 28 de novembro de 2008, na sede da Fundação Biblioteca Nacional – Auditório Machado de Assis. Contamos com um público médio diário de 100 participantes das diversas regiões do País. Os trabalhos apresentados trouxeram grande contribuição não apenas para o Evento, mas também para os participantes e instituições representadas. É com imensa satisfação que realizamos o VIII Encontro Nacional de Acervo Raro no ano em que o Plano Nacional de Recuperação de obras Raras completou 25 anos de existência, comemorado no dia 31 de outubro de 2008.

Disponibilizaremos na página do Planor o PowerPoint dos trabalhos, que serão em breve publicados, na íntegra, nos Anais da Biblioteca Nacional.

28/11/2008 - VIII ENAR - Encontro Nacional de Acervos Raros
27/11/2008 - VIII ENAR - Encontro Nacional de Acervos Raros

VII ENAR - Encontro Nacional de Acervos Raros

História do livro das bibliotecas: fundamentos da Biblioteconomia de livros raros.




Curso: ICONOGRAFIA: técnicas de análise e indexação de imagens.

"Qual o significado de uma imagem? Como interpretar uma gravura do Renascimento? E como indexar essa informação em uma dase de dados?"
O objetivo deste curso intensivo é oferecer aos participantes uma breve introdução à análise de imagens dos séculos XVI e XVII, e aos estudos de susas fontes documentais.

Programa:
Data: 23/11/2016
Horário: 10h às 16h
Local: FBN- Auditório Machado de Assis




Oficina: “O livro impresso de Gutenberg a Revolução Industrial: características e análise”.

O livro impresso passou por algumas mudanças significativas ao longo dos séculos. Esta oficina é voltada para estudiosos que necessitam de uma abordagem introdutória dos aspectos físicos do livro e seus contextos de criação e produção. Importante destacar que a oficina não se propõe ao ensino de catalogação de livros raros e/ou antigos.

Programa:
A fabricação do livro: produção, características ao longo dos séculos A cultura impressa e seu impacto na sociedade
Um “mar de livros” nas Bibliotecas História, evolução e importância da página de rosto
O papel e sua importância para o desenvolvimento do impresso A decoração no livro impresso
Data: 23/11/2016
Horário: 10h às 16h
Local: FBN- Auditório Machado de Assis

Jornada “O Livro: uma trajetória”

O Plano Nacional de Recuperação de Obras Raras – Planor realizou no dia 19 de maio de 2009 a Jornada “O Livro: uma trajetória”, um ciclo de palestras apresentadas por servidores da Fundação Biblioteca Nacional, que procurou traçar em linhas gerais a história e evolução do livro. Foram oferecidas gratuitamente 50 vagas para servidores da FBN e 50 vagas para estudantes das áreas de Biblioteconomia, Arquivologia, Museologia e História, com direito a certificação. As inscrições tiveram início no dia 28/04/2009 e as vagas completadas no 01/05/2009. A Jornada foi realizada no Auditório Machado de Assis, na Sede da FBN, das 9 às 17 horas, abrindo o Evento estavam presentes a diretora do CRD bibliotecária Mônica Rizzo e a gerente do PLANOR bibliotecária Rosângela Rocha Von Helde. O Evento contou com um público de 123 participantes, incluindo alguns ouvintes da própria Instituição. Foram inscritos em cadastro de reserva 15 estudantes, as demais inscrições foram recusadas. Descrevendo um panorama geral da Jornada, tivemos a bibliotecária Ana Lúcia Merege, da Divisão de Manuscritos, que fez uma introdução à História da Escrita, compreendendo a importância do registro do conhecimento para a humanidade e a História e dos sistemas de escrita, e num segundo momento, abordou o livro no ocidente medieval, a cultura escrita no contexto cristão, as inovações técnicas como, o códice, o pergaminho e o papel de trapo, a produção do livro nos scriptoria, e a circulação do livro e da informação na sociedade medieval. O historiador Jorge Ricardo C. de C. Raposo da Câmara, do Plano Nacional de Recuperação de Obras Raras, tratou do livro e da escrita na Roma Antiga, enfocando o acesso à cultura literária numa sociedade dominada pela oralidade, as técnicas de escrita, composição e acondicionamento dos rolos de papiro, e a transição do rolo para o códice no final do Império Romano. A restauradora Maria Aparecida Vries de Marsico, do Laboratório de Restauração, descreveu o surgimento da encadernação moderna e seu desenvolvimento através dos séculos, a encadernação como proteção e preservação, a definição e nomenclatura do livro, os estilos de encadernação e sua restauração. A bibliotecária e professora da UNIRIO Ana Virgínia Pinheiro, Chefe das Divisões de Obras Raras, abordou o livro desde o surgimento da imprensa ao livro eletrônico, os métodos e funções da produção dos registros de conhecimento no âmbito da produção de Livros Raros, através de dois grandes períodos históricos: a modernidade, do século XV ao XIX e a contemporaneidade, dos séculos XX ao XXI. A bibliotecária Ângela Maria Monteiro Bettencourt, Coordenadora de Informação Bibliográfica da FBN, apresentou a Biblioteca Nacional Digital e demais projetos de cooperação em que a Fundação Biblioteca Nacional está inserida, encerrando assim o evento.

O PLANOR pretende realizar uma nova edição da Jornada a fim de atender as inúmeras solicitações de servidores, estudantes e profissionais que não conseguiram confirmar sua participação.

Jornada “O Livro: uma trajetória”

FOTOS


FOTOS


II Jornada “O livro: uma trajetória"

Diversas são as características que designam raridade e/ou preciosidade de uma obra, conhecer a origem e a trajetória da escrita, da imprensa, das encadernações e do próprio livro, consiste em importante ferramenta para entender, analisar e descrever de maneira consciente e criteriosa acervos de memória.

Com objetivo de realizar uma de suas missões, o Plano Nacional de Recuperação de Obras Raras – PLANOR da Fundação Biblioteca Nacional realizou em 09 de julho de 2010 – Auditório Machado de Assis – 9h às 17h a II Jornada “O livro: uma trajetória", que teve por objetivo a capacitação de estudantes e profissionais que trabalham com acervo de memória na identificação, análise e descrição de itens existentes em suas coleções, bem como agregar conhecimentos para um desenvolvimento de coleções mais criterioso.

PÚBLICO-ALVO: Estudantes de Biblioteconomia, Museologia e História, bem como profissionais da informação.
Quantidade de vagas: 100
Valor: Gratuito
Realização: FBN/CRD/CAE/PLANOR e ASSESSORIA DE EVENTOS

Programa:

9h às 9:30h Credenciamento

9:30h às 10h Abertura

10h às 10:30h A História da Escrita: uma introdução
Ana Lúcia Merege – Divisão de Manuscritos - FBN

10:30h às 11:00h O Livro na Roma Antiga
Jorge Ricardo C. de C. raposo da Câmara – PLANOR - FBN

11h às 11:30h O Livro no Ocidente Medieval
Ana Lúcia Merege – Divisão de Manuscritos - FBN

11:30 às 12:30h O Surgimento da Encadernação e sua Evolução Através dos Séculos
Maria Aparecida de Vries Marsico – Labopratório de Restauração - FBN

12:30h às 13h Debate

13h às 14:30 Almoço

14:30h às 15:30h Fênix em Obras Raras na Fundação Biblioteca Nacional
Ana Virgínia da Paz Pinheiro – Divisão de Obras Raras-FBN

15:30h às 16:30h A Biblioteca Nacional Digital
Ângela Maria monteiro Bettencourt – Coordenadora de Informação Bibliográfica

16:30 às 17h Debate

17h Encerramento


MÓDULO1 - “Da Pré-História à Imprensa"
Os sistemas de escrita da Antiguidade Oriental e Clássica;
A idade Média, o Islã, o Humanismo, os Primeiros Livros Impressos (ponte com o segundo dia).
Período: 4 horas.
Jorge Ricardo Cardoso de C. Raposo Câmara – PLANOR
Cargo/Formação: Efetivo/NS - Bacharel licenciado em História (UFF); Mestre em História Econômico-social (UFF).
Ana Lúcia Merege - MSS
Maria Aparecida Mársico – Laboratório de Restauração.

MÓDULO 2 – “Da Imprensa ao Livro Eletrônico”
Os incunábulos e os grandes impressores, novos formatos, a modernidade e as revoluções da imprensa; a era das novas tecnologias, o futuro do livro.
PALESTRANTES:
Ana Virgínia Pinheiro – DIORA/DIMAS
Ângela Monteiro Bittencourt – CPT

Período: 3 horas.
Total: 7 horas

II Jornada “O livro: uma trajetória"

FOTOS